quinta-feira, 13 de novembro de 2014

Resenha: Ser Feliz é assim


Livro: Ser Feliz é assim
Autora: Jennifer E. Smith
Editora: Galera Recors

Esses dias vim falar pra vocês de algumas coisas que eu tinha comprado e, entre elas está esse livro, se lembram? rs
Bom, posso dizer à vocês que é mais ou menos no estilo de "A última música", não em seu enredo e sim na forma com a qual os autores conseguem transmitir algo para nós leitores!
Vamos então à história e depois dou minha opinião, :D

Sinopse:
"A vida — assim como o amor — é cheia de conexões inesperadas e enganos oportunos. Uma ligeira mudança no curso pode gerar consequências surpreendentes. Afinal, às vezes, o desvio, o atalho é o verdadeiro caminho. A estrada que deveríamos ter escolhido desde sempre... Se pelo menos tivéssemos a coragem de fazer do coração nossa bússola.
Graham Larkin e Ellie O'Neill não poderiam ser mais diferentes. O rapaz é um ídolo adolescente, um astro das telas de cinema; uma vida calcada na imagem. O cotidiano constantemente sob o escrutínio dos refletores. Agentes, produtores, RPs, assessores... Já Ellie passou a vida escondida nas sombras, fugindo de um escândalo do passado enterrado em sua árvore genealógica.
Mas, mesmo sem aparentemente nada em comum, os dois acabam se conhecendo — ainda que virtualmente — quando Graham envia a Ellie, por engano, um e-mail falando sobre o porco de estimação Wilbur. Esse primeiro contato leva a uma correspondência virtual entre os dois, embora não saibam nem o nome um do outro. Os dois trocam detalhes sobre suas vidas, esperanças e medos.
Então Graham agarra a chance de passar tempo filmando na pequena cidade onde Ellie mora, e o relacionamento virtual ganha contornos reais. Mas será que duas pessoas de mundos tão diferentes conseguirão ficar juntas? Será que o amor é capaz de vencer — mesmo — qualquer obstáculo? E mais importante... é possível separar ilusão de realidade quando o coração está em jogo?"
Dá pra acreditar que toda uma história pode se desenrolar depois de um e-mail enviado para a pessoa errada?
"Sim, dá pra acreditar Lê!"
Sim, teoricamente dá mesmo, mas é fato que nós quando recebemos uma mensagem errada, normalmente não respondemos ou então apenas nos preocupamos em dizer: "acho que você errou o destino, rs" - pelo menos eu faço isso. 
Já deu pra vocês perceberem que tudo se iniciou com um e-mail não é mesmo? haha
E o mais interessante nisso tudo é que as duas partes envolvidas (Ellie e Graham), durante toda essa relação que foi se desenrolando em meio virtual não sabiam quem era o outro, mas ao mesmo tempo, sabiam de coisas a respeito do outro que ninguém mais sabia.
Ellie mora em uma cidadezinha no Maine com sua mãe. E ambas escondem o mesmo segredo: a identidade do pai de Ellie. Um senador muito importante não podia ter sua imagem afetada por conta de um escândalo: uma filha fora do casamento. O mais curioso é a forma como Ellie encara toda essa situação, de forma madura.
Graham, um astro de cinema acostumado a ser alvo de fotógrafos, fãs e tudo mais, escolhe o Maine para gravar seu filme, por causa de Ellie e a partir daí eles começam a se aproximar mais! Juntos, encaram os "problemas" um do outro e por fim, ficam juntos!

Gente, eu achei esse livro muito bom! Fazia tempo que não lia um livro assim, porque ultimamente meus livros estavam sendo: Memórias Póstumas de Brás Cubas, Til, Dom Casmurro, entre outros da série "FUVEST e Unicamp" haha então eu estava sentindo falta de um livro mais leve e esse veio em boa hora, pois distraiu minha mente. Em relação a autora, não posso dizer muita coisa, porque não conheço seu trabalho, MAS, pretendo conhecer outras obras dela, :D e espero que sejam nesse mesmo estilo de "Ser Feliz é assim".