quarta-feira, 25 de junho de 2014

Blá blá blá

Olá pessoal, tudo bem com vocês? Espero que sim <3
Tenho que confessar uma coisa, mesmo com muitas ideias, eu sempre acabo falando do meu namoro! 
É que como já falei pra vocês, não tenho essa paranoia com maquiagem, beleza e tal, acabo falando do que está mais próximo de mim no meu dia-a-dia, e acaba sendo meu namoro haha
Estive pensando em algumas coisas que já aconteceram, e resolvi compartilhar com vocês!
Lembram-se que eu havia contado que no início do namoro eu e o Gustavo ficamos 4 meses separados? Então! Foi uma experiência muito ruim, mesmo!
Como ele foi (e é) o primeiro namorado, (e último também, kk), era tudo muito novo pra mim, e muito intenso também sabe, então quando terminamos, fiquei mal mesmo... Eu tinha uma agenda em que eu escrevia sempre coisas falando sobre isso, era meio que um desabafo, porque minhas amigas já não aguentavam mais eu falar sobre isso, então encontrei outra forma de desabafar! Pra vocês terem uma ideia, acabei com a agenda nesses 4 meses haha
Desde o início tive certeza de que era ele quem eu queria ao meu lado. Tudo bem que eu dizer isso há basicamente 2 anos, parecia uma coisa sem nexo, porque era início de namoro e tudo, mas era verdade, eu sentia exatamente isso! As pessoas diziam: - deixa pra lá, passa! - É, não passou, kkk e me sinto feliz por ter continuado sabe, não ter desistido de nós dois, porque hoje estamos juntos!
É claro que é difícil, muitas vezes eu me perguntava: "Por que estou fazendo isso?", mas sempre fui cabeça dura, mesmo as pessoas dizendo: "Le, pára de ser boba..." e mais um monte de coisa, eu tava ali sabe! Às vezes me diziam que não iria valer a pena... Mas eu digo o contrário, valeu a pena sim! 
Eu percebi muitas mudanças em nós dois, e com certeza, muitas coisas que fiz naquele período, hoje faria diferente kkk
#Rumoaos3anos
É gente, a vida não é fácil, kkk em um relacionamento normalmente existem as "DR's" né, mas os dois tem que saber lidar com isso, porque senão não há namoro que resista!
O que eu acho é que, quando a gente gosta de alguém (se há chances de dar certo), temos que tentar... Mas se não houver chances de dar certo, temos que nos valorizar não é mesmo? 
O problema é que as pessoas costumam ser orgulhosas pra caramba, então mesmo gostando de alguém, não dá o braço a torcer para ir atrás, e isso às vezes é recíproco e aí ficam duas pessoas que se gostam muito esperando da outra, isso é ruim :( Tentem uma vez, duas, no máximo três, não deu? Segue a vida, ela é linda e não pode ser desperdiçada!!