quarta-feira, 29 de outubro de 2014

"Tu te tornas eternamente responsável pelo que cativas." - Pequeno Príncipe



É engraçado como as pessoas tem o hábito de correr atrás de uma coisa, a fim de conquistá-la e, após conseguir, abrir mão de tudo, mesmo que inconscientemente. 
Algumas pessoas podem até não correr atrás de conquistar algo ou alguém, e esse algo ou alguém vir até elas por obra do acaso mesmo, sem nada planejado... E assim acontece com as amizades, que não premeditamos, não planejamos e, às vezes nos surpreendem. 
O que quero dizer hoje para vocês não restringe-se apenas à amizades, é algo que percebo em todas as relações interpessoais.
As pessoas são tendenciosas a acharem que seus problemas são maiores do que os problemas de todo mundo e que sua grosseria e mau-humor justificam-se por isso, mal sabem essas pessoas que todos à sua volta também tem problemas e que não deveria existir essa necessidade de querer ser maior que o outro, querer provar que sua opinião é a correta, que sua vida é a mais difícil, que seu jeito é o melhor... Não deveria existir nada disso, os casamentos/namoros durariam mais, as famílias seriam mais sólidas, enfim, a paz de espírito reinaria entre nós!
Me incomoda o fato de saber que muitas pessoas são assim, arrogantes e enxergam apenas seu próprio umbigo, vivendo o tempo todo nessa competição idiota de querer provar tudo para todos. Me faria muito feliz saber que as pessoas deixaram essa competitividade de lado para viver seus dias como se fosse o último, aproveitando melhor os momentos que não voltam, com pessoas especiais e fazendo da vida de outras pessoas, algo mais feliz!
Não devíamos decepcionar aqueles que esperam de nós sentimentos e fluídos bons, pois cativamos e descuidamos em seguida! Como pudemos nos preocupar em apresentar um bom cartão de visita de nós, e não nos preocupamos em preencher todo nosso espírito de coisas boas, sentimentos bons e mais amor?