terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Ninguém merece

Vou contar pra vocês como me incomodam algumas atitudes.
Gente, se tem uma coisa que eu odeio, é implorar atenção! Principalmente para as pessoas que estão perto de mim. A questão não é "chamar atenção", e sim ser ouvido quando você precisa, é te procurarem, se preocuparem se você está bem ou não, entendem?
É tão chato quando alguém muito, mas muito próximo de você começa a agir com  desapego, justificando isso como "correria do dia-a-dia".
E o que mais me espanta é que quando começamos a agir da mesma forma, as pessoas passam a achar estranho. Sim, passam a achar estranho e pensam que tem o direito de reinvindicar algo, rs
O grande erro de muitas pessoas, inclusive o meu, é de achar que todo mundo sente o mesmo que você! Mas muitas vezes, não sentem nada não. Não se preocupam. Não sentem saudade. Não estão nem aí. Apenas estão de corpo presente em nossas vidas, e não de alma, como deveria ser. Só dizem "eu te amo" vazios! 
Pessoas que são amorosas, simpáticas, lindas e fofas somente com quem está de fora não merecem meu respeito. Merece meu respeito aquela pessoa que realmente se importa, que demonstra isso. Porque de ódio o mundo tá cheio, de preocupações também, e mais ainda de falta de amor. E disso, eu não preciso.