domingo, 30 de agosto de 2015

Que casal que nunca passou por isso, né?

Às vezes as coisas entre você e o namorado/namorada começam a ficar difíceis. É, eu sei que isso acontece, porque eu já passei por isso e não estamos livres. Na verdade acho mesmo que não existe aquela história de casal perfeito. Aliás, a história pode até existir, mas o casal, é bem difícil.
A primeira coisa que importa, antes de qualquer outra, é o que sentimos pela pessoa. Acho que apenas ter um carinho, não basta. O que faz valer um relacionamento, de verdade, é o amor que existe entre o casal, a paixão. O que faz o casal querer evoluir, enfrentar o que for necessário pra ficarem juntos, é isso, o sentimento. Mas vale lembrar que, apenas o amor, a paixão, não sustentam nenhum namoro/casamento. Tem que ter muito mais coisa: carinho, compreensão - talvez seja a mais complicada de todas, afeto, preocupação, consideração, diálogo, DIÁLOGO, tudo isso! Por isso se torna meio complicado lidar com uma outra pessoa, com ideias divergentes à sua. MAS, se você quer mesmo ficar com aquela pessoa, vai fazer tudo o que puder para estar ao lado dela. Por isso eu digo: o que sustenta mesmo um relacionamento é o "querer estar junto a quem amamos".
Todo relacionamento passa por crises. Aquelas fases chatas que tudo gera uma discussãozinha tosca, sabe? Pois é, isso é normal, mas o que faz isso melhorar? O que faz isso melhorar, é você chegar no seu parceiro/parceira e colocar os pingos nos "I's". O que está te incomodando? O que está te deixando infeliz? Perguntar também se o lado oposto está querendo te dizer algo, se algo em você está incomodando, o deixando chateado. Mas é D I Á L O G O, e não tentar sobrepôr sua razão à dele. Isso é irritante e desgasta qualquer pessoa e qualquer relação.
Em alguns casos, isso ajuda.  Seja pelo lado bom, seja pelo lado ruim. Às vezes, com uma boa conversa, é possível perceber se o namoro, ou seja lá o que for, tem futuro ou não. Pode ser que seja o momento de acabar com isso, talvez seja a hora de terminar aquilo para que ambos não sofram mais posteriormente. Claro que isso não é fácil, sempre vem aquela pergunta à nossa mente: "mas e se...". E se o que, amiga/amigo? Você prefere ficar sofrendo e fazer a outra pessoa sofrer também a dar sua cara a tapa e finalizar algo que está mal resolvido?
Mãs, pode ser que um bom diálogo contribua, de fato, para que o relacionamento de vocês melhore. Pode ser que, com esse diálogo, vocês enxerguem que não adianta ficarem falando, falando e falando, sem um propósito, um objetivo pra vocês mesmo. Se façam a seguinte pergunta: por que vamos tentar melhorar? Se a resposta for: porque é com essa pessoa que eu pretendo ficar, ou algo do gênero, aí sim a relação de vocês está valendo a pena. Se a resposta for: ah, porque assim tá ruim, ou algo do gênero, aí a dica é você analisar o que quer mesmo com esse relacionamento, porque não dá, né?
Como já disse: todo relacionamento enfrenta crises. Mas vai de cada casal, enfrentar e passar por aquilo unidos! Ou não né, não sei. Às vezes não era pra ser mesmo. 

Um beeeeeeijo, e até o próximo post! <3